Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Armadilhas*



Armadilhas*

Inflamado, um verso borboleteia*
Aderente à pele
Traça em desvario a carícia*
Que não se basta
De rosada pena...*

O verbo profere-se*
Inscrição animada
Inflado dos tantos desejos*
Nos lábios entorpecidos
Em alvos braços... musicado*
De uma extremidade a outra
Em solfejos...*

Promessa, capricho
Ardiloso, talvez,*
Ternura
O poema percorre*
Corpos endomingados
Do coração a tez...*

Líquidos
Rastros inconfessáveis*
Dançam nus
Molham a emoção*
De vermelho vestida
Distendida ebulição.*

Música e gemido
Borboleta insinua-se*
Colegial querendo chamar a atenção
Versada em rubros azuis*
A dupla provocação.

Inspiração colhida*
Convidativa
Latência contida*
Inscreve-se
Nas adocicadas entrelinhas...*

Instinto certo
Arapucas ardentes*
Mágica
Sutileza da coreografia*
Deslumbram
Palavras frementes...*

Karinna* & Miguel Eduardo Gonçalves

Um comentário:

admin disse...

Parabéns aos poetas!
Os dois são excelentes!
Incluí o blog em meus favoritos.