Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

sábado, 13 de fevereiro de 2010

MEIO





MEIO

Enfim
Eis o que sou
Persisto

Sou
Quem me vejo
Em ti

A teu fim
Sou matéria
E sentir

Miguel Eduardo-


MEIO

encontrei
entre estrelas
e desafio-me

o fio da lança
nos teus cílios
o espelho sem frisos

madrigal
num roseiral reverbero
verso e espírito.

Karinna*

Nenhum comentário: