Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Mil* Vidências-

Mil* Vidências-

Despenho-me no fragor, ocasional e rítmica
Diluo-me nitidez...
E sou. Genial!

Limpo a alma apta
Na festa do teu corpo langue
Pois ser-te eficácia tanta
É somente da retórica...
Outra forma de ter-te. Novo estágio!

Nomear-me tesouro ao sol
Na tua boca migrante vertigem
É pele nas paragens
-tua seiva- (como existe)
Lavrando-me mil batalhas. Rapidamente!

Guerreiro vício
Celebro-te do sofisma
Angústia e frêmito da mágica
Mil torneios suscito...
Mil toadas. Um festival!

Karinna* & Miguel-

Nenhum comentário: