Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010
























ÚLTIMO ESBOÇO

Meta dos atos plenos
Indícios apressam-se
Liberam engrenagens
No instante que se exprime
A intimidade

Sofisticação perdura
Na energia carburante
Nada mais detém o traço
Sei-lhe as coordenadas
Prevalece o compasso

Perpétuo estado
Onde sobeja a arte
Em que me acho
Verso, tela e estrofe
E assino embaixo

Miguel-



ÚLTIMO ESBOÇO*,

derradeiro, decorado no trajeto
nas curvas
pincéis em afetos...
estribilho mapeado
poema circundante
tela em um sempre
re_começo...
de um *ULTIMO ESBOÇO*.

Karinna*

Nenhum comentário: