Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

sábado, 6 de março de 2010

VOYEUR Abissal*


VOYEUR Abissal*

Céu de claridade violenta
Claros olhos de violeta, abissais.*
Você de seda
Ar intumescido, entorpecente,*
Saída dos vapores matinais
Num traquejo de mistérios*
Efervescente.*

Louco às gargalhadas
No terraço o mar
Lambendo o nosso dia*
Amanhecido, dessa loucura cativo*
Em marulhos trazendo ondas apaixonadas,*
Refém da noite
Que se fora enluarada

Nu, senhor de si
Soberano autor do dia*
Um raio oblíquo de sol
A deixa nua, e de repente
Tomado da sua magnificência*
Alastra-se e expande
A sua beleza lancinante
Vestindo meu olhar de ardências*
Que se satisfaz
Enfim

Mero olhar erótico?
Convulsão da mente?*
Sinapse?*
Talvez...
Se olhar e ver forem idênticos!

Miguel Eduardo Gonçalves & Karinna*

Um comentário:

Poemas e Cotidiano disse...

Meus queridos Miguel e Karina!
Sensacional! Perfeitissimo! Que interacao!
Beijos
MARY