Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

sábado, 15 de maio de 2010

poesia em seu interior grita em vésperas




















Poesia em seu interior grita
Às níveas plantas e flores
Sempre abertas aos amantes

Move-lhes os passos
E às doces partes diz
Em ledo som que amores canta

Como os desejos mimam

Miguel-


Em vésperas
Sonhos de ramagens
Viço suculento de olhares

A candeia das retinas
Coração cismado
-chamego de brisas-

Como os desejos mimam...

Karinna*

Um comentário:

Wanderley Elian Lima disse...

Gostei do dois poemas, parabéns a ambos.
Um abraço