Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

domingo, 30 de maio de 2010

Puríssimo* Marchetado-


Puríssimo*

Uma vaga azul desfia
Banha de sonho o olhar
Na solidão da palavra partilhada
Ao inaugurares o frescor do dia...
Um abraçar pensamentos ardentes
A paisagem divina do verso
Tão breve o render-se desperto
Nova rota descobre-se ao oriente...
Tal bela onda que nos leva
Tão bonito é o amor poeta
Por esse céu de riso e festa...

Karinna*

*** *** ***

Puríssimo* Marchetado

Uma vaga azul desfia um recado
Banha de sonho o olhar, brilha
Na solidão da palavra partilhada e fecunda...
Ao inaugurares o frescor do dia... calmo e claro
Um abraçar pensamentos ardentes nas demoras
A paisagem divina do verso - áureo templo -
Tão breve o render-se desperto, violento e submisso!
Nova rota descobre-se ao oriente... outros mundos
Tal bela onda que nos leva lembranças fluidas
Tão bonito é o amor poeta no instantâneo infinito
Por esse céu de riso e festa... onde o tempo não passa...

Karinna* / Miguel-

*** *** ***

Marchetado

Um recado
brilha
e fecunda...
Calmo e claro
nas demoras
- áureo templo -
violento e submisso!
Outros mundos
lembranças fluidas
no instantâneo infinito
onde o tempo não passa...

Miguel-

*

Nenhum comentário: