Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Barco Lua* Sintoniza o Dia-

*
Barco Lua*

É cristalina
A maré das brumas
Eu sou a Lua
O barco meu sonho.
Eu sou o barco
A Lua meu ponto.

Sou sopro pueril
Viajo no peito
Ingênua a dança
Olhar da meninice
O sonho alcança.

Dossel de ternuras
As ondas
Vagas do sono
Sou pura Lua
E as pérolas princesas
Moram no meu olho.

Teias lunares e encantos
Acordo manhãs ensolaradas
Menina em outra falua
Sem esquecer-me
Do meu barco
Recortado em desenho da Lua.

Karinna*

***

Barco Lua* Sintoniza o Dia-

É cristalina a certeza
A maré das brumas prometida
Eu sou a Lua coerente...
O barco meu sonho, doce e colorido ´eu´
Eu sou o barco, o momento sonhado...
A Lua meu ponto. Utopia final.

Sou sopro pueril, um rabisco
Viajo no peito, insinuo
Ingênua a dança estado de crença
Olhar da meninice balança...
O sonho alcança. Para enlouquecer!

Dossel- de ternuras me evocam
As ondas quando escrevo
Vagas do sono na areia
Sou pura Lua minhas horas
E as pérolas princesas enigmáticas
Moram no meu olho. São o poema...

Teias lunares e encantos projetam-se
Acordo manhãs ensolaradas, estampas floridas
Menina em outra falua, brasa forte
Sem esquecer-me que o vento comanda
Do meu barco o destino...
Recortado em desenho da Lua. Meus pores do sol!

Karinna* & Miguel Eduardo-


***

Sintoniza o Dia

A certeza
Prometida
Coerente...
Doce e colorido ´eu´
O momento sonhado...
Utopia final.

Um rabisco
Insinuo
Estado de crença
Balança...
Para enlouquecer!

Me evocam
Quando escrevo
Na areia
Minhas horas
Enigmáticas
São o poema!

Projetam-se
Estampas floridas
Brasa forte
Que o vento comanda
O destino...
Meus pores do sol!

Miguel-

*

Um comentário:

Sylvia Rosa disse...

Um casamento perfeito! Não teria sentido o barco não houvesse o mar... Não teria luz na noite não fosse a lua... não haveria inspiração não houvesse amor... não teria poetas não houvesse quem soubesse escrever, não haveria palavras não houvesse sentimento e vontade de dizer, e falar de amor...
Parabens!
Boa noite aos dois! Mta luz sp.