Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

terça-feira, 22 de junho de 2010

LÍNGUA URGENTE EM LÍQUIDO GEMIDO



















LÍNGUA URGENTE

Sem tempo ao tempo
Somente sexo
Prazer tangente
Germina carícia
E a lava
Deixa a montanha
Entre os caracóis
E o riso
A mente semeia
E a carne vibra

Miguel-



LÍNGUA URGENTE EM LÍQUIDO GEMIDO

Sem tempo ao tempo nas estrelas que lambo
Somente sexo sede ávida, ninho de anjo
Prazer tangente no caminho
Germina carícia flora e fascínio...
E a lava -morrendo de amor-
Deixa a montanha à beira do mundo
Entre os caracóis crestar o corpo no teu Sol
E o riso beber da tua chama em glória como esta
A mente semeia palavras de êxtase e sonho
E a carne vibra como arde fogo na nossa floresta

Miguel- & Karinna*



EM LÍQUIDO GEMIDO*

Nas estrelas que lambo
Sede ávida, ninho de anjo
No caminho
Flora e fascínio...
-morrendo de amor-
À beira do mundo
Crestar o corpo no teu Sol
Da tua chama em glória como esta
Palavras de êxtase e sonho
Como arde fogo na nossa floresta

Karinna*

Nenhum comentário: