Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

domingo, 1 de agosto de 2010

Absolutamente*


Absolutamente*

Que mais amor hei de falar-te
Cada palavra uma tília semeada
Em cada verso a cor da arte

Perfumes de rimas encadeadas
Poesia no imo rejubila e nasce
Na doçura da verve amada

E tudo é só afago
Na alma em que pulsa o bravo!

Karinna* & Miguel- ( mote )

Encostas* & Dunas-


ENCOSTAS*

permito
mãos dadas
namoro de pálpebras molhadas...
derramado corpo nos sentidos
no limiar da noite, pulso madrugada!
(me tocas e sou melodia)
nus, reivindicamos beijos
meus são os teus caprichos
orgasmo da aurora do dia
deuses em nossos olhos giram
mil prazeres nas encostas!

Karinna*


DUNAS

escolho
sucessivas ondas
em segredo redimido...
primeiro sentido
que contemplo!
(breve renúncia)
acima das nuvens
são meus motivos
nascentes
prazer infinito
que nos inventa!

Miguel-