Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

domingo, 19 de dezembro de 2010

Dossel*



Dossel*

É rasa
Consciência
Aleluias
Das cantilenas
Gaivotas fugidias
Mareiam pele e veias
A doçura das breves
Sempiternas ilusões
Num dossel despovoado
Das minhas margens-areadas emoções-
Ah, se essa voz me soprasse
Flamejasse
No leito precipício
Dos meus desejos...


Karinna*

**** ****

Dossel*

Encerra as palavras necessárias
Imperceptíveis à primeira vista
Trazidas porém na força poética
Das imagens que povoam submersas

São motivos como afloram sentires
Esses em que não se ocultam momentos


Miguel Eduardo-

Nenhum comentário: