Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

sábado, 19 de março de 2011

SEGREDO...Em Versos e...



SEGREDO...Em Versos e...

Nesses olhos de versos e sonhos
Que sabem tocar veleiros de amores
Onde o sentido nasce no oceano do olhar
Profundidade em que afundo feliz
Se rotula a gente tal vaga estelar
De enluarado torpor onde remimos dores
E os girassóis se abrem canção lunar
Por toda a parte estrelas de flores...

Nessa boca de versos e doçuras
De perfeitos lábios morangos e cerejas
Que fazem pulsar entrecortado sorriso
A mente e o coração num retinar infindo
Em preciosa rotina todo dia, beijo de poema...

É à sombra de um céu de versos e nuvens
Onde raia primeiro o sol uma nesga brilha
Com o nascer e o morrer d'alma de nós dois
Das ondas em resplendor numa dança aflita
Que na praia da noite estende-se a pele que quer
Cai o último véu num roçar amoroso
Sem trégua à hora as brumas se dão
Porque se calam os nãos

Miguel Eduardo- & Karinna*

2 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

No amor, todos temos os nosso segredos, melhor quando eles se tornam versos. Adorei.
Bjux

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Que magnitude alcançam teus versos, Karinna*!
És perfeccionista dessa arte rara, e o teu acuro no desenvolver de um tema como este, demonstra a qualidade de trazer à tona o que vai pela alma, sob o prisma de uma inspiração inegavelmente poética...
Bom domingo, BjK, M-