Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

quarta-feira, 6 de abril de 2011

CÂNTICO*-





Cântico*
Chegaste Sol intenso nos dias
As noites tornaram-se alaranjadas
Desceste luz nos cílios
Corpo vestiu-se nu
Tal ilha descoberta
Aportaste-me em mistérios
Um mapa entre dedos
De carícias longas...
Meus sonhos
Nascentes se fizeram
-tapeçaria-
No bordar do perímetro
Os beijos os recifes
Os abraços as colinas
Um cântico de junquilhos...
Chegaste Lua intensa nas noites
Os dias se tornaram prateados
Pousaste porção distinta
Matéria cantante
Música dançarina...
-agora durmo entre teus olhos-

Karinna*
*** ***

Cântico*-

Chegaste Sol intenso nos dias
/Beleza que da aridez se muda
As noites tornaram-se alaranjadas
/Tom de bruma outonal
Desceste luz nos cílios
/Qual excelso amante
Corpo vestiu-se nu
Tal ilha descoberta
/Misteriosa companheira
Aportaste-me em mistérios
/Ternura feita saudade
Um mapa entre dedos
/Que em mim se banqueteia
De carícias longas...
Meus sonhos
/Lide em júri
Nascentes se fizeram
/Da morada do pensamento
-tapeçaria-
No bordar do perímetro
/Sob um grito escondido
Os beijos os recifes
/A mim te põem presente
Os abraços as colinas
/Os efeitos permanentes
Um cântico de junquilhos...
Chegaste Lua intensa nas noites
/Onde descansam musas musas
Os dias se tornaram prateados
/Porque tudo é perfeito
Pousaste porção distinta
/Quase tocando a graça
Matéria cantante
/Da poética sugestão
Música dançarina...
-agora durmo entre teus olhos-
-onde não existe a dispersão-

Karinna* e Miguel-
*** ***

Cântico-


Beleza que da aridez se muda
Tom de bruma outonal
Qual excelso amante
Corpo vestiu-se nu
Misteriosa companheira
Ternura feita saudade
Que em mim se banqueteia
De carícias longas...
Lide em júri
Da morada do pensamento
Sob um grito escondido
A mim te põem presente
Os efeitos permanentes
Onde descansam musas
Porque tudo é perfeito
Quase tocando a graça
Da poética sugestão
-onde não existe a dispersão-
Miguel-






*exercício poético em olhares gêmeos, almas em duo... palavras se dão, e na partilha se completam...poesia de Miguel e Karinna*








2 comentários:

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Fiz algumas alterações necessárias no meu complemento, mas agora não consigo mais a mesma formatação anterior! Mil desculpas. Bjs-

Karinna* disse...

*Parceiro querido! Reagrupei, acho que ficou legal.
Nao tem que pedir desculpas!
Beijos doces de admiração
Ka*