Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

-almas em poemas enamorados-


Carta de Navegação*

Ouve-se o tamborilar das águas
Encrespadas, lambem pés
O olhar escala o pico da onda
Sou névoa densa na maré cheia
Num festim marítimo
Dispo-me em corpo sereia

Desvendo-me laço a laço
Como oferendas na gulodice
Poro a poro
Sou especiaria em teus dedos
Ainda coberta de estrelas
Revelo-me suor e presteza
Em lábios de mar

Corpos enlaçam-se
Tu e eu
Movimentos cíclicos
Partículas de sal
Moldam-se em vagas
Amantes foragidos

No profundo do olhar
Princípio de universo
Decifro-te carta de navegação
Ondulando nas meninas dos olhos
Desemboca amor sagrado
Alto mar, profano e são.

-almas em poemas enamorados-

Karinna*


*************

-almas em poemas enamorados-

Sem rumo preciso
Pela inibição conhecida
Tal compromisso
Um apelo afetivo
Produção da realidade
Em riqueza de símbolos
A vontade recorrente!

Em mágico véu
Um só fascínio
Da própria singularidade
Pelo óleo na pele
Macho e fêmea
Ao estado primitivo
Originária harmonia
Em confirmação corpórea
Minha rota no suor
O teu folclore
E toda a sexualidade...

-Bela criação!-

Miguel Eduardo Gonçalves-

*De fato, não há necessidade de 'ação'.
Sem verbos, contudo um poema/réplica pleno de atitude.
Carinho e admiração sempre, meu parceiro Miguel.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

UM PRESENTE- UM PARAÍSO*


UM PRESENTE-

O que em ti escondes
Dilata-se amante
Responde e ecoa
Vida no instante
Do suspiro
Finalmente

Miguel Eduardo Gonçalves-

****

UM PRESENTE- UM PARAÍSO*

O que em ti escondes tal estrela de amor
Dilata-se amante num rastro na pele damasco
Responde e ecoa -murmúrios em olhares baços-
Vida no instante único, total e sem medo
Do suspiro vindo da alma apaixonada
Finalmente um só segredo...

Miguel Eduardo Gonçalves- & Karinna*

UM PARAÍSO*

tal estrela de amor
num rastro na pele damasco
-murmúrios em olhares baços-
único, total e sem medo
vindo d'alma apaixonada
um só segredo...

Karinna*


POESIA EM TELA- karinna* em Réplica


Poesia em Tela-

Formas evaporam-se
Em cores, como prêmio
Decompõem a tarde
Em árvores, e em sombras
Na ilusão das luzes
Que o espaço ocupa
Entre o céu e a brisa
De perfume vaporoso
Quando aos sentidos ecoam
Não raro, dos olhares
Flores de um jardim

Miguel Eduardo Gonçalves-


***

matizo-me os olhos
com os versos impressos
são eras belas
num traçar do destino
como a floresta , talvez escolhido fado.
enxergo pelas tuas pupilas
como um tramar de idéias e sonhos
pinto-me face e sorriso
pois olho-te em cada assombro...
matizo-me os pensamentos
levito no verso pintado
na poesia revelada
numa tela, num divagar alado...

Karinna*

***
**
*


PEQUENO INFINITO- karinna* em Réplica





PEQUENO INFINITO

Na caligrafia firme
Do desejo insofismável
Um pensamento suave
Em capricho se define

Filme do seu movimento
Traz-me adorável empatia
Chave secreta do beijo
Magazine em que me fixo

Eis que teima sem limites
Com persistência imutável
Crescente em força atrativa
Seus prazeres aos milhares

Tão acintes, tão possíveis
Que o inapelável tesão
É intimativa vertente
Desses mares tanto meus


Miguel Eduardo Gonçalves-

***

Karinna em réplica:

escrevo sonhos
em minúsculas
parágrafos tímidos
frases sonolentas
despertam ardentes sobras
pois a caligrafia do desejo
é impronunciável
e o sedutor soletrar
está guardado
para um orgasmo
maiúsculo.

Karinna*

***
**
*