Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

POESIA EM TELA- karinna* em Réplica


Poesia em Tela-

Formas evaporam-se
Em cores, como prêmio
Decompõem a tarde
Em árvores, e em sombras
Na ilusão das luzes
Que o espaço ocupa
Entre o céu e a brisa
De perfume vaporoso
Quando aos sentidos ecoam
Não raro, dos olhares
Flores de um jardim

Miguel Eduardo Gonçalves-


***

matizo-me os olhos
com os versos impressos
são eras belas
num traçar do destino
como a floresta , talvez escolhido fado.
enxergo pelas tuas pupilas
como um tramar de idéias e sonhos
pinto-me face e sorriso
pois olho-te em cada assombro...
matizo-me os pensamentos
levito no verso pintado
na poesia revelada
numa tela, num divagar alado...

Karinna*

***
**
*


Um comentário:

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Nesta beleza, povoada de imagens diversas, personagens da ternura, das carícias e sussurros, que entre si tratam de dar luz ao poema! BjK-