Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

sexta-feira, 4 de maio de 2012

-azul de céu de mar-





-azul de céu de mar-

Adormeci com um poema / zumbido
Entre o ninho dos meus cílios / e conjugado
Entre declarações silenciosas / de um solitário dia
Como se a alma quisesse ninar meu olhar / sem consentimento
-azul, de céu de mar-

Karinna* & Miguel Eduardo-



zumbido
e conjugado
de um solitário dia
sem consentimento
azul, de céu de mar.


Miguel Eduardo-