Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Margaridas*

 
 
 
Margaridas*


Ou álibi da vida que me fita (MEG)
Ensina-me a viver entre as águas
Pois o verso molha-me a escrita

 
Ou transmuta-me todas mágoas
E serei-te paz entre margaridas
De todos os poemas - margem árdua-
 


Refém do perfume das palavras
Ato-me em laço amarelo na tua alma...


Karinna* & Miguel-

Um comentário:

Karinna* disse...

*Se eu pudesse eleger um 'espaço' para a eternidade, seria aqui, nessa forma puríssima que temos-creio ser uma virtude- de partilha, de entrelace de versos. Obrigado por me proporcionares isso. BjM-. K*