Sobre o Blog...

Encontro poético em que inexiste a cronologia dos poemas. Pensamos em deixar registrada uma obra que reúna qualidades individuais sob um mesmo timbre, nossa marca entendida lado a lado. Registro de luz em olhares gêmeos fecundados na sementeira do verso... Quatro mãos, uma Poesia, almas em parceria.
Miguel- & Karinna*

domingo, 7 de fevereiro de 2016

ARDOR- SUSPIRADO*

 
 
ARDOR-
 
Há inquietação dos perfumes
Nos ares da madrugada
Onde piscam vaga-lumes
Que tal olhares da amada
 
É afetação dos costumes
Por que a fada é contemplada
Pois se atormentam ciúmes
Por querê-la apaixonada
 
E com todas as centelhas
Desejando até tostar
Ser o mel de mil abelhas
Adoçando até melar
 
Miguel Eduardo Gonçalves-
 
*****
 
ARDOR- SUSPIRADO*
 
Há inquietação dos perfumes
num punhado de orvalho
Nos ares da madrugada
princípio de coração
Onde piscam vaga-lumes
brasa de sangue
Que tal olhares da amada
ardores em compulsão
 
É afetação dos costumes
suores das rosas
Por que a fada é contemplada
em peito constelado
Pois se atormentam ciúmes
vulcão entre palatos
Por querê-la apaixonada
num ritual de amor espelhado
 
E com todas as centelhas
perdido o prumo
Desejando até tostar
trovando vontades extremas
Ser o mel de mil abelhas
mapeando na pele
Adoçando até melar
o curso das estrelas...
 
Miguel Eduardo Gonçalves- & Karinna*
 
*****
 
SUSPIRADO*
 
num punhado de orvalho
princípio de coração
brasa de sangue
ardores em compulsão
 
suores das rosas
em peito constelado
vulcão entre palatos
num ritual de amor espelhado
 
perdido o prumo
trovando vontades extremas
mapeando na pele
o curso das estrelas...
 
Karinna*

3 comentários:

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Nem dá pra comentar, a não ser com poesia, uma que deixe a alma na ponta dos dedos, no mais íntimo entre a Terra, o Sol e o Céu! BjK*-

MARILÂNDIA MARQUES ROLLO disse...

SENSACIONAIS VERSOS DUMA DUPLA MAIS QUE TALENTOSA.
Marilândia

tauil1010@gmail.com disse...

Uau! É para ler e respirar fundo! Que grande sintonia!